Logística 4.0: o que é e qual a importância para sua empresa

logística 4.0

As revoluções industriais provocaram grandes mudanças nos processos e atividades do setor fabril com a introdução de novas tecnologias e automatização de funções. Somado à essas mudanças, o mercado está se comportando cada vez mais de maneira competitiva e exigente. 

Tudo isso faz com que as empresas precisem se adaptar às novas necessidades do mercado e buscar alternativas para se manterem relevantes em seu segmento de atuação. Nesse cenário, a Logística 4.0 se mostra como uma realidade de mercado que deve ser colocada em prática para que sua empresa possa se tornar cada vez mais competitiva. 

Ainda não conhece o conceito de Logística 4.0? Neste artigo, nós vamos explicar o que é, quais as vantagens e as principais tecnologias que fazem parte dessa nova realidade. Acompanhe!

Breve panorama sobre Indústria 4.0

Antes de entendermos o conceito de Logística 4.0, é preciso entender o cenário mais amplo em que ele está inserido: a Indústria 4.0. Desde a primeira Revolução Industrial, no século XVIII, o setor industrial vem passando por constantes transformações, buscando a melhoria de processos e a adaptação aos novos requisitos do mercado e do consumidor. 

A Indústria 4.0 – na qual estamos inseridos neste momento – promove a automatização completa do setor fabril por meio de novas tecnologias, buscando melhorias contínuas em todas as etapas de produção. Dessa forma, a “indústria inteligente” é a grande proposta desse novo modelo de gestão industrial.  

Englobando automação e tecnologia da informação, a Indústria 4.0 é capaz de potencializar os níveis de rendimento e produtividade em escala global, beneficiando as empresas e a sociedade de maneira geral. No entanto, esse panorama também traz alguns desafios, como a necessidade de inovação e busca de um modelo de gestão baseado em dados para a tomada de decisões cada vez mais assertivas.

O que é Logística 4.0?

Inserida no contexto da Indústria 4.0, a Logística 4.0 é um conceito que representa uma nova fase da logística, que se baseia na aplicação de novos recursos tecnológicos para permitir que todos os processos – desde a chegada de matéria-prima até a distribuição do produto ao consumidor final – estejam sempre conectados e atuando de maneira estratégica para otimizar os resultados da empresa.  

A Logística 4.0 tem como proposta cumprir com as necessidades básicas de todos os processos envolvidos na fabricação de um produto, investindo em tecnologias para ampliar o seu market share. 

O objetivo principal é utilizar os processos inovadores como aliados do crescimento organizacional. A tendência é que todos os processos operacionais passem a ser realizados de maneira automatizada, visando o aumento de produtividade e a eficácia de toda a operação.

Quais as principais tecnologias da Logística 4.0?

Na Logística 4.0, os processos tornam-se mais rápidos, integrados e modernos. Mas para isso, é preciso adotar novas tecnologias que fazem parte dessa realidade. Dentre elas, podemos destacar:

Internet das Coisas

No setor logístico, a Internet das Coisas (IoT) desempenha a função de  conectar equipamentos utilizados no dia a dia à internet, permitindo que diversos equipamentos funcionem de forma automatizada, seguindo apenas as orientações estipuladas pelos sistemas. Como resultado, a IoT aumenta a produtividade e reduz custos operacionais, além de falhas e erros humanos.

Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial já é utilizada nos mais diversos setores da sociedade. Na logística, ela permite que as máquinas tomem decisões automáticas, além de prever comportamentos e antecipar possíveis problemas de cada setor. Outro benefício que a Inteligência Artificial ajuda a garantir é maior eficiência e rapidez nas atividades, diminuindo a chance de erros e falhas.

Cloud computing

O Cloud Computing – ou computação em nuvem – possibilita o uso remoto de recursos da computação, permitindo o acesso de dados de qualquer dispositivo e em qualquer localidade. Dessa forma, facilita o gerenciamento de informações, além de permitir coletar, armazenar e disponibilizar dados muito mais rápidos e seguros de qualquer lugar. 

Big Data

Essa tecnologia refere-se a um grande volume de dados estruturados e não estruturados coletados e armazenados por softwares e outros sistemas utilizados pela empresa. O Big Data possui um papel altamente estratégico, contribuindo para análise de dados e, consequentemente, possibilitando ações, estratégias e tomadas de decisão com muito mais assertividade.

Quais os benefícios da Logística 4.0?

Como os processos tornam-se mais rápidos, integrados e eficientes, a Logística 4.0 possibilita uma série de benefícios para as empresas que a colocam em prática. Conheça os principais:

Redução de perdas

Ao implementar tecnologias que permitem entender o fluxo dos produtos ao longo da cadeia produtiva, é possível elaborar soluções ágeis e efetivas na gestão de estoque, mantendo somente a quantidade de insumo e matéria-prima necessária, reduzindo os riscos de desperdício e perda de materiais, além de ter maior segurança na cadeia de fornecimento.

Análise de dados

O uso de ferramentas tecnológicas, como os ERPs e softwares, permitem realizar análises inteligentes de todos os dados internos, ajudando a enxergar possíveis gargalos e identificar novas oportunidades de crescimento. Além disso, a análise de dados é fundamental para tomar decisões assertivas e estratégicas.

Alta conectividade

Como o grande foco da Logística 4.0 é a implementação de soluções tecnológicas, a alta conectividade acaba sendo um reflexo dessa prática e pode se tornar uma grande vantagem, resultando em centros de distribuições mais inteligentes e conectados com o estoque e com a cadeia de produção.

Satisfação do consumidor

A otimização de processos internos também têm impacto no consumidor final. Ao traçar rotas inteligentes e otimizar a cadeia de distribuição, o cliente pode receber o seu produto com muito mais agilidade, além de garantir preços mais competitivos para sua compra.

  

A Logística 4.0 é muito mais do que uma tendência, é uma realidade que deve fazer parte das estratégias da sua empresa. Para conquistar mais espaço no mercado e sair na frente das concorrentes, é preciso investir em novos recursos tecnológicos e buscar processos automatizados e analíticos. Por isso, é hora de repensar as suas práticas para manter sua empresa sempre relevante e competitiva no seu segmento!

Quer acompanhar as novidades da Sindi Investimentos? Siga-nos no Facebook e Instagram.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *